América do Sul,  Brasil,  Gramado,  Rio Grande do Sul

Gramado e Canela

Viagem em 2015

Roteiro

1 dia – Mini Mundo e Lago Negro;

2 dia – Bondinhos Aéreos Parques da Serra, Parque da Ferradura, Catedral de Pedra e Chocolate Dolcemonte;

3 dia – Pawer, Capitão Jack, Mundo Gelado, Museu de Cera, Harley Moto Show, Parque Temático Algum Lugar e Super Carros;

4 dia – Mundo à Vapor, A Mina, Vale dos Dinossauros, Hollywood Dream Cars e Fábrica de Chocolate;

5 dia – Cidade de Igrejinha, Café Colonial, Retratos de Época, Le Jardins Parque de Lavanda, Cristais Gramado e Le Chenit.

6 dia – Snowland e Museu Medieval Castelo Saint George;

7 dia – Mundo Encantado e Gramado Zôo.

Antes de comprar qualquer Ingresso para passeios ou Restaurantes de Gramado consulte os sites de desconto Laçador de Ofertas ou Tchê Ofertas pois eles tem muitos cupons de desconto!

Dia 1

Saímos de Caxias do Sul e partimos para Gramado. A serrinha para lá precisa de bastante atenção, mas dá pra subir tranquilamente.

Chegando em Gramado, fizemos o check in no hotel e fomos fazer o passeio do Mini Mundo (R. Horácio Cardoso, 291 – Planalto). A entrada é 42,00 por pessoa (2020) e lá dentro você recebe um jornal do Mini Mundo com um mapa e várias notícias do lugar (fictícias, mas que mostram várias partes das miniaturas). O lugar é fantástico! As maquetes PERFEITAS e encantadoras de vários lugares ao redor do mundo!!

No caminho você encontra com personagens da atração: o Nelson limpador de Chaminés, A Bruxinha Ju e o ursinho Gui.

O Nelson mostrou as maquetes, falando sobre elas e nos mostrando personagens no meio delas que, se ele não tivesse nos mostrado, não teríamos visto. Como os Beatles, os personagens do Chaves, etc… Além disso ele também tira fotos das pessoas como se estivem nas maquetes e como se as maquetes tivessem em tamanho normal.

No jornal que recebemos no inicio do passeio tem um desafio (achar onde foi tirada a foto da figura), quem resolver, deveria dizer ao limpador de chaminés e, como consegui, ganhei um brinde.

Saindo de lá, fomos para o Lago Negro. Na época, estavam fazendo obras de revitalização. Tem um pedalinho e um restaurante. Além de alguns quiosques de pipoca e sorvete. É um passeio muito agradável para o final da tarde. Perto também vimos que tem uma feirinha e umas pequenas lojinhas que já estavam fechadas.

A noite jantamos no restaurante Cantina Di Capo (Rua João Petry, 30), um filé com queijo maravilhoso! O melhor que já comi!! Os preços não são tão convidativos, mas super valeu a experiência!

Dia 2

Saímos da Pousada às 10:00h, seguindo para o Bondinhos Aéreos Parques da Serra. Compramos a promoção no site Laçador de Ofertas, saindo a R$ 24,90 por pessoa, contra R$ 39,00 do preço normal (2015).

O Bondinhos Aéreos foi inaugurado em dezembro de 2013, em substituição ao antigo teleférico, no qual as pessoas andavam com as pernas penduradas, mas tinha um histórico de acidentes e interdições. O equipamento atual é suíço, extremamente moderno, e os bondinhos são quase totalmente fechados. São doze bondinhos aéreos, para até oito pessoas, que percorrem 840 metros de percurso em três estações.

O passeio foi muito agradável. O bondinho transmite muita segurança, e oferece muita visibilidade do percurso. Começando na estação central, fomos até a estação animal, que fica no ponto mais alto do complexo. Lá no alto, existe uma pequena trilha pela mata (210 metros), que leva a um pequeno museu de esculturas de animais em madeira. O grande barato dessas esculturas é que muitas delas tem detalhes em madeira que permitem que o visitante interaja com elas, e reproduza os sons que aquele animal emite.

Dali descemos para a terceira estação, que é a mais próxima e permite a melhor visão da cascata do Caracol. O lugar permite ótimas fotos, embora o próprio complexo tenha reservado uma área para fotos, que são vendidas aos turistas por valores a partir de R$ 15,00 (2015).

Além do Parque Bondinhos Aéreos, existem outros três parques na região: o Parque Estadual do Caracol e o Parque Paredões da Serra,

De lá seguimos para o Parque da Ferradura que tem várias trilhas bem pequenas e uma de duração maior (1 hora). A vista é maravilhosa! Super vale a pena a visita! Uma dica é ir de tênis porque, apesar as trilhas conterem escadas, algumas partes você passa por pedras. Vi várias pessoas com botas e salto com muita dificuldade. Lá também tem um restaurante.

De lá seguimos para Canela e visitamos a Catedral de Pedra que é linda e imponente! Por dentro ela tem vários vitrais lindos. Passamos depois na lojinha da igreja que fica do lado de fora.

Na mesma praça da igreja tem uma pizzaria chamada Toca da Bruxa (restaurante temático que já foi muito bom, mas vimos várias reclamações deles na net e também pela cidade), na galeria que fica bem embaixo dela tem uma loja de chocolate que é bem mais em conta que as outras chamada Dolcemonte (Condomínio Galeria Ruppenthal – Av. Osvaldo Aranha, 287 – Centro, Canela). O chocolate é muito bom e de qualidade. Super indico!

Na volta para o hotel passamos por várias lojas de vendas de sapatos. Muitos modelos de todos os tamanhos e gostos. Alguns preços são ótimos, outros nem tanto…

A noite jantamos na Pizzaria Quanto Pesa ( R. São Pedro, 401 – Centro, Gramado. Tem desconto nos sites de cupom!!!) que tem uma pizza muito boa! Pedimos A La Carte mas eles também tem rodízio.

Dia 3

Visitamos a loja de chocolate Prawer e também fizemos a visita à fábrica deles (gratuita, de Segunda a Sexta das 09:30h às 11:45h e das 13:30h às 16:45h) que é uma visita até legal, mas os chocolates sempre muito caros (115,00 o kg), vale mais a pena comprar na loja mencionada no dia de ontem.

Uma observação é que compramos o Passaporte de ingressos (antes da viagem) por 129,00 no Laçador de Ofertas (hoje em dia também tem o Tchê Ofertas), ele dá direito a 5 passeios, 1 simulador e 1 cinema 9D. Na bilheteria eles oferecem um combo que sai a 120,00 com as 5 atividades, mas sem o simulador e cinema.

Fomos para a o passeio do Capitão Jack (Rodovia RS-466, 3915, Estr. Velha do Caracol, Canela), lá tem várias miniaturas de navios famosos e também utilizados na guerra. Na segunda parte, tem miniaturas de tanques, helicópteros e aviões usadas nas forças armadas de diversos países e de várias épocas. Para quem gosta de história é bem legal, mas pra quem não se liga muito nessas coisas, não vale tanto a pena o passeio…

Bem ao lado tem o Mundo Gelado, um lugar que é mantido a -18ºC com várias esculturas de gelo. Logo quando chega, nos fornecem casacos e mostram uma estória de como o mundo gelado aconteceu. Depois um guia nos leva pelo caminho de gelo. Podendo tirar várias fotos nas esculturas, inclusive sentando nelas.

Partimos para a próxima atração: o Museu de Cera (Av. das Hortências, 5507 – Ipê Amarelo, Gramado). É super legal! Logo no início você já vê vários bonecos de cera expostos na área que compra o ingresso. Lá dentro, além dos bonecos, tem também os cenários que são super legais. Alguns bonecos são bem parecidos e realistas, outros nem tanto, mas vale super a pena a experiência.

O boneco do Jack Sparrow só pode ser fotografado com a máquina deles e depois você compra a foto, nas outras áreas podemos fotografar com a nossa máquina. Também oferecem um serviço de fazer as suas mãos de cera (cobram 50,00- 2015).

Logo na saída do Museu de Cera, já tem um elevador para o subsolo que te leva ao Harley Moto Show que tem expostas várias motos da marca e, no meio, um bar que serve bebidas e alguns pratos.

De lá seguimos para o Parque Temático Algum Lugar (Av. das Hortências, 4635) onde tem miniaturas de monumentos de vários lugares do mundo. Um guia conta história dos monumentos expostos. A parte do monumento do Egito não é mais autorizado a foto pois eles tem o material fotográfico deles, onde caracterizam o visitante como Faraó e Cleópatra para as fotos que posteriormente são vendidas. As fotos custam 15,00 cada uma e a partir da terceira custa 10,00 cada uma (2015). Só que a pessoa que tira a foto não é fotógrafa, então a foto não fica tão boa.

Seguimos para o Super Carros (Av. das Hortências, 4635), uma exposição de vários carros caros como Ferrari, Audi, BMW, etc. Eles tem uma tabela caso queira dirigir um deles mas é caríssimo, e também se quiser entrar no carro para tirar foto eles cobram 15,00 a foto (2015), porém eles não arrumam o fundo para ficar legal, a foto fica com pessoas atrás então não achei que valia a pena. Na parte de cima tem vários jogos, a lojinha e um cinema 9D. Com o combo que compramos no site Laçador tivemos direito ao Cinema e ao Simulador.

Dia 4

Iniciamos com o passeio do Mundo a Vapor (Av. Don Luiz Guanella, 1247), o lugar é muito legal! Uma imitação da estação do trem onde ocorreu um acidente em que o trem não parou na plataforma e acabou saindo pela fachada a estação.

No local, vários funcionários vestidos a caráter mostram máquinas de produção de vários materiais que são movidas a vapor. Eles explicam como elas funcionam. A de papel (única totalmente a vapor do parque) inclusive te dá a oportunidade de você levar um papel produzido por ela na hora. No meio tem uma maquete das cidades em volta de Gramado e também um relógio a vapor (só existem dois no mundo), assim como uma maquete de captação de petróleo a vapor.

Saindo de lá fomos na Mina (RS 235, Km 31, s/n, R. Linha Carazal, Gramado), um parque que faz uma representação de uma mina de pedras preciosas com uma lojinha em cima. O passeio é bem agradável e na parte final tem várias pedras preciosas em exposição nas vitrines.

Depois (o nosso voucher de desconto) dava direito a almoço num Restaurante Carazal que fica bem ao lado da Mina. Ao todo pagamos 29,00 (para a visita e almoço) o buffet era liberado e bebida não alcoólica à vontade. A comida estava bem gostosa e fresquinha. O atendimento foi bom!

Aproveitamos que o tempo melhorou um pouquinho e visitamos o Vale dos Dinossauros, o parque é legalzinho, mas não tem nada de diferente. São réplicas de dinossauros com articulações espalhados por 2 pequenas trilhas, onde tem placas explicativas de cada uma das espécies. Tipo de passeio legal pra criança que gosta de dinossauros, mas que não acrescenta tanta coisa para os adultos.

Em seguida fomos para o Holywood Dream Cars que amamos!! Vários carros antigos e restaurados por lá. Cada um mais bonito e bem mantido que o outro!! Nas 3 motos Halley que tem expostas, você pode sentar para tirar foto, mas em um dos carros (apenas no que eles separaram para isso) só pagando o valor de 15,00 (2015).

Em seguida fomos ao centro e visitamos a Fábrica de Chocolate. Um passeio bem legal no qual se pode ver várias esculturas feitas inteiramente de chocolate. Animais, pontos turísticos, Móveis, etc. O único lugar que não pode ser fotografado é a parte da Europa onde eles fornecem a fotografia deles. Ao final do passeio você tem a degustação do chocolate que é maravilhoso! O valor do kg é 116,00, bem parecido com o valor da Prawer.

Em seguida fomos passear pelo centro de Gramado que estava muito agradável! Com neblina e frio mas não tanto como fez na semana anterior. Jantamos em um restaurante ao Lado da Rua Coberta, porém não lembro o nome.

Dia 5

Saímos de manhã para a cidade próxima de Igrejinha-RS, famosa por seus artigos de couro. Após rodarmos por várias lojas, nos espantamos com os valores cobrados. Uma jaqueta masculina de pelica, por exemplo, estava a R$ 1.290,00 (2015). Após visitarmos algumas lojas de calçados e malhas, vimos que os preços estavam muito próximos dos praticados no Rio de Janeiro e em outras capitais. A única coisa mais em conta em Igrejinha e Três Coroas-RS foi o combustível, R$ 0,30 mais barato por litro do que em Gramado. Porém é preciso levar em conta o pedágio bidirecional de R$ 5,90 (2015). Gramado e Canela são cercadas por pedágios por todos os lados.

Decepcionados com os preços altos de Igrejinha, voltamos para Gramado e fomos ao Café Colonial Bela Vista (Av. das Hortências, 3500), promoção que compramos no site Laçador de Ofertas. Fomos recebidos com uma mesa farta, com vários pratos salgados e doces, sendo possível consumir até tortas e sorvetes. Bolinhas de queijo, pequenos croquetes e pastéis de forno, bolos, tudo regado a suco de uva bem adocicado (Esquecemos de tirar foto!!).

De lá fomos fazer foto à moda antiga na Retratos de Época (Avenida das Hortênsias, n° 5365, Bairro Carniel – Gramado, RS), onde tiramos mais duas fotos nesse estilo, vestidos de italianos (site de descontos). Na mesma galeria das fotos, encontramos uma loja vendendo jaquetas (chinesas, de couro sintético) de boa qualidade, e compramos uma jaqueta para cada um de nós, pagando R$ 300,00, à vista, nas duas somadas.

Em seguida visitamos o Le Jardin Parque de Lavanda. Trata-se de uma propriedade na RS-115 para Três Coroas, antes do pedágio. Sua entrada-saída, porém, é perigosa, pois fica em uma curva sem muita visão, do lado esquerdo da pista, de quem vem de Gramado.

A propriedade vende mudas de plantas diversas, inclusive de diversas espécies de lavanda. Tem jardins suspensos, nos quais passa uma escadinha que leva às estufas no topo do terreno. Existe uma loja na qual são vendidos diversos produtos cosméticos feitos à base de lavanda: aromatizadores, cremes e óleos essenciais, etc. E itens de artesanato. Vale a pena a visita, porém cuidado na hora da saída pois fica bem perto de uma curva e alguns carros vem em alta velocidade…

De lá fomos para a Cristais Gramado (Rod. RS 115, Km 36, 36161), que vende diversos produtos de cristal, além de bijouterias. Os preços não são baixos, porém tivemos a impressão de que a qualidade das peças é superior às de Blumenau.

Encerramos o dia jantando seqüência de fondue no Lê Chenit (R. São Pedro, 461 – Centro), em frente ao lago Rita Bier. Começou com queijo, depois carne e para encerrar chocolate. Estava delicioso! Tem promoção no site de ofertas!

Dia 6

Dia de conhecer o famoso Snowland. Fica perto de Gramado. Estacionamento a R$ 15,00, porém preços lá dentro surpreendentemente na média da cidade. O valor do ingresso saiu, na promoção, a R$ 90,00 por pessoa, mas hoje está R$ 115,00 pelo site (2020).

Está incluso em nos ingressos: 2 horas na montanha de neve, 20 minutos de patinação no gelo, simulador de Ski na neve 7D, 2 minutos de bate bate no gelo (Bumper), espetáculo Flocks: em busca do gelo e a descida de bóias estes dois últimos que ficam dentro da montanha de neve. Equipamento de patinação todo incluso: capacete, patins, joelheiras e tornozeleiras, bem como botas, casado e calça impermeável para uso na Montanha de Neve.

Dicas: coloque a calça por fora da bota, quando for para a Montanha. E traga do hotel duas meias grossas para insular os pés quando estiver lá. A espera para o Bumper, show do Flocks e a descida de bóia é feita no gelo, e mesmo com o insulante da bota, o frio começa aos poucos a penetrar a bota e deixar seus dedos dormentes.

Logo na entrada você recebe uma pulseira com chip RFID para computar alguns de seus gastos e permitir a entrada nas atrações. Basta aproximar a pulseira dos leitores existentes pelo Snowland.

A primeira coisa com que o visitante se depara, após a entrada, é com o “Vilarejo Alpino”, que é um conjunto de lojas em volta da pista de patinação. Os preços das lojas são os mesmos das de Gramado. Após entrarmos na fila e colocarmos patins, capacete e equipamentos de proteção, ficamos pelos 20 minutos permitidos na patinação no gelo.

Em seguida fomos à Montanha de Neve. Entramos na fila do Bumper, onde ficamos por cerca de meia hora. Trata-se de um bate-bate, envolto por uma enorme bóia, que amortece os impactos. O tempo para andar é de somente 2 minutos, o que demora mais é a quantidade de gente na fila com pouco número de carros (apenas cinco), e o tempo que leva para colocar e retirar as pessoas dos carros (pois a pista é de gelo escorregadio).

Depois do Bumper fomos para a fila do Espetáculo Flocks, tem um ator e o resto é tudo feito com animação em vídeo e bonecos mecânicos.

Seguimos para a descida com bóias, bem divertida, e com fila de somente 10 minutos. Descemos duas vezes e nos divertimos muito. Ao lado da pista de bóia fica a pista de descida com skis e snowboards. Nenhuma das duas é muito grande. E a pista da descida de bóia ainda é dividida ao meio, pois existe outra pista menor, mais abaixo, para descida das crianças com bóia (até 10 anos).

Para descer de snowboard ou ski deve trazer o próprio equipamento ou alugar no local, pago à parte. A bóia é inclusa no preço do ingresso.

 Fica aqui outra dica: o simulador de ski 7D é no subsolo. Vale a pena fazê-lo antes de comer, já que ele balança bastante e pode ser indigesto após a refeição. Ah, os caras da RCI Travel também atuam aqui, em três salas com vista para a Montanha de Neve. Cuidado com ofertas de almoço grátis. Na saída, você pode imprimir uma das fotos tiradas na descida de bóia, por R$ 15,00 cada (2015). O preço das refeições é justo.

Após deixar o Snowland, seguimos para o Museu Medieval Castelo Saint George (R. Júlio Hanke, 94 – Avenida Central), no caminho para Canela. O lugar é interessante e vale a visita, mesmo com o ingresso a R$ 20,00 (2015). O Museu é pequeno, poderia ser maior. Foi construído pelo próprio proprietário, em 2001. Existe uma lojinha ao lado do museu, com figuras de cavaleiros, miniaturas de canhões e outros artesanatos. Também se vendem espadas, em tamanho real.

À noite, pedimos pizza para comer na pousada. As pizzas da Pizzaria Veritá são muito gostosas. A Veritá só entrega. Não tem loja física. Mas é muito boa.

Dia 7

Saímos da pousada e fomos no Mundo Encantado. Pagamos R$ 19,90 os dois ingressos (2015), promoção do Peixe Urbano. O local não merece mais de 10 reais por pessoa. São miniaturas animadas que contam, por alto, a história da cidade de Gramado. São três andares com maquetes, e lojinha de souvenires.

Tentamos ir no Gramado Zôo duas vezes (manhã e tarde), mas a chuva frustrou nossos planos. O zoológico fica a cerca de 5 km da cidade, e fica próximo ao Parque do Gaúcho. O ingresso compartilhado para as duas atrações fica R$ 55,00 por pessoa, mais R$ 10,00 pelo estacionamento. O local fica no alto de um morro, à beira da rodovia.

Links para a próxima viagem

Skyscanner – Compra de passagens mais baratas
Skyscanner – Aluguel de Carro 
Booking – Reserva de hotel
Seguros Promo  – Seguro Viagem
Viaje Conectado – Chip de cel (internacional): 10% de desconto (cupom:viagemconsciente)
Rentcars.com – Aluguel de carro

Siga-nos nas Redes Sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram
Pinterest