América do Sul,  Brasil,  Ceará,  Jericoacoara

Jericoacoara

Viagem em 2019

Roteiro

1 Dia – Chegada, Duna do Pôr do Sol
2 Dia – Trilha da Pedra Furada
3 Dia – Passeio do Lado Leste
4 dia – Mangue Seco
5 Dia – Dia livre, Passeio pela Vila e Praia da Malhada
6 Dia – Barrinha e Buraco Azul de Castelhano
7 Dia – Passeio do Lado Oeste

Stories de Jericoacoara no Instagram: Parte 1 e Parte 2

O que saber antes de ir

*Jeri é pé na areia o tempo todo – não tem calçada só areia meeesmo! Nem se incomode em levar muita coisa, roupa de banho e chinelo é o que mais será usado!
*Venta demais, então já vá preparada pra ficar descabelada!
*O sol parece que é mais forte que em qualquer lugar do Brasil! Use protetor e beba muuuita água!!
*Leve sapato de água ou Papete, se for fazer a trilha da Pedra Furada pela praia, você vai precisar.

Existem duas formas de ir para Jericoacoara:

1 Opção: De avião para Fortaleza e de lá pega um ônibus da Fretcar para Jijoca e depois uma jardineira (comprar a passagem do ônibus para Jericoacoara que a jardineira já vai estar incluída, se comprar para Jijoca, a jardineira não estará inclusa) ou de Transfer Particular. Aproximadamente 6 h a 7 h de viagem de ônibus, além do tempo do avião.

2 Opção: De avião direto para o aeroporto de Jericoacoara (Cruz) e contrata um transfer particular para Jericoacoara. Aproximadamente 1 hora de viagem além do tempo do avião.

Em Jericoacoara não entra carro, apenas os de agência, então o turista que vai de carro precisa parar no estacionamento na entrada da cidade.

Agência Bancária

Na Vila de Jericoacoara não tem Banco, apenas em Jijoca, porém todos os lugares (inclusive nas dunas no passeio do lado Oeste) tem máquina de crédito e débito. Caso você precise resolver algo em uma agência bancária, combine com o bugueiro do passeio (caso você esteja sozinho no Buggy) para passar na cidade antes de ir para os passeios do Lado Leste (lembre-se de perguntar qual o custo adicional pois eles gastam mais combustível para dar essa volta, nós pagamos 20 ou 30 reais a mais, não me recordo ao certo).

Hospedagem

Muita atenção quando fechar a pousada!! Em Jeri você anda na areia o tempo todo, então fechar uma pousada longe da vila pode ser mais barato mas lembre que você vai voltar andando para ela cansado depois de um dia de aventuras!

Ficamos na Pousada Mym Dunas, entre a Rua Principal e as Dunas, gostamos muito dessa região pois é mais afastada dos locais mais movimentados (barulhentos) e perto o suficiente do centrinho.

Ela é bem localizada, quartos amplos, frigobar (pode abastecer com coisas do mercado), TV, ar condicionado split, piscina, rede e varanda.

Café da manhã muito gostoso, com tapiocas salgadas e doces, ovo mexido, suco e um destaque principal para os bolos DELICIOSOS que as meninas fazem na pousada!! Destaque também para a Talita da recepção que é muito atenciosa e simpática!!!

Passeios e Transfer

Fechamos todos os nossos passeios e transfer com a Elizabeth da Jeribuggy Tour, contato no final do post. Super recomendamos!!

1 dia

Descemos no aeroporto de Cruz (um pouquinho mais que 3 horas de vôo de São Paulo para Jericoacoara). Contratamos o transfer com a Elizabeth da Jeribuggy Tour e quando saímos no desembarque, o seu Luís da Litoral Oeste Jeri já estava nos esperando com a nossa plaquinha.

O carro do seu Luís é uma Toyota Sw4 super bem cuidadinha, com ar condicionado e capacidade para 6 pessoas além do motorista. Seu Luís é muito simpático e foi bem cuidadoso na direção! Recomendo muito os serviços dele!!

Paramos na entrada da cidade para o pagamento da Taxa de Permanência de R$ 5,00 por dia por pessoa. Essa taxa pode ser paga online no Site da Prefeitura de Jeri ou diretamente no posto na entrada da cidade. O comprovante de pagamento dessa taxa será solicitada na sua entrada do Hotel/Pousada.

Chegamos na cidade direto para a nossa pousada. Saímos para comer algo e aproveitamos pra ir no Restaurante Casa de Pedra (Rua Principal) que conhecemos em 2014. E continua muito gostoso, lá tem vários tipos de comida e também sorvete artesanal! Vale super a visita!!

Saímos de lá e fomos assistir ao Pôr do Sol na Duna do Pôr do Sol (já aviso que é nosso local preferido para assistir o pôr do sol!). Chegamos umas 16:30 na duna e já estava bem cheia… indo bem pro meio dela você consegue um lugar na frente…. Esse continua sendo o por do sol mais bonito da minha vida!!! Que saudade eu estava dele!!!! Aproveite para observar o céu depois do por do sol, quando começam a aparecer a lua e planetas mais visíveis.

Fomos um pouco para a pousada e saímos à noite para comer alguma coisa (como almoçamos muito tarde e o hambúrguer estava muito bem servido, não estávamos com muita fome) então optamos por um lanche… comemos o Pão de Queijo recheado do Pão do Sol (Beco do Forró). Sério! O que é esse pão de queijo??? Super delicia!! Recomendo demais o recheado com carne de panela e também o de Nutella!

2 Dia

Como foi um dia livre resolvemos acordar um pouquinho mais tarde, tomamos café (delicioso por sinal) e fomos para a Trilha da Pedra Furada.

São duas trilhas para chegar lá e como queríamos conhecer as duas para contar para vocês como é, optamos por ir pelo Serrote e voltar pela praia. O mais importante a saber na trilha da praia é a maré! Pelo serrote a maré não influencia…

Não esqueça de levar um boné, camiseta com proteção solar, protetor solar e muita água e repositor energético! No caminho tem apenas uma pessoa vendendo bebida (no final da trilha) e outra na Pedra Furada (seu Zé! Coco docinho e bem gelado! Recomendo!).

A vantagem de ir a pé é que você pode evitar os horários de pico (passeios dos buggys e pôr do sol), fazendo com que você consiga pegar a pedra bem vazia pra tirar foto! Só tinha eu e Daniel e um outro casal lá que logo foi embora!

Na Trilha do Serrote, você vai até o final da Rua Principal, vai ficar de frente para o cemitério, contorna ele pela esquerda e segue pela trilha. Algumas pessoas vão de charrete ou à cavalo. O preço da charrete é R$ 20,00 por pessoa ou R$ 30,00 o casal. Nós optamos por ir a pé mesmo.

O caminho é tranquilo, mas exige um certo esforço, afinal você caminha pela areia… chegando ao final da trilha (a charrete e cavalos também só vão até esse ponto – ver na foto acima), você desce um morro até o nível da praia, onde já está a Pedra Furada. Essa foi a parte mais difícil da trilha, mas descendo com cuidado dá pra fazer tranquilo!

Voltamos pela Praia. Fique de olho na maré pois várias partes da trilha são feitas pelas pedras. Na maré cheia, a água alcança essas pedras ficando muito difícil passá-las. Algumas pessoas vão um pouco acima, pelo morro na maré cheia, mas o esforço é muito maior que ir pelo Serrote. Valeu super a pena ir pela praia pois a vista é sensacional! Amamos!

Ao chegar na cidade fomos almoçar no Restaurante Catavento (Rua São Francisco, 147). Lugar simples, mas super limpo, comida deliciosa, super farta e em um ótimo preço! Recomendamos demais esse restaurante!

Aproveitamos um pouco da piscina da pousada e corremos pra ver o pôr do sol na Duna que foi ainda mais bonito!

À noite saímos para jantar no Cantina Jeri, um restaurante italiano que fica quase em frente ao Café Jeri! Lugar super aconchegante e comida maravilhosa!!! Super recomendo! Eles também tem um restaurante de rodizio de pizzas, mas não chegamos a experimentar.

Antes de voltar para a pousada tomamos um sorvete na Gelato & Grano que fica na praça principal. Não é um sorvete barato mas é maravilhoso! Recomendo demais!

3 dia

Encontramos com o Júlio da Jeribuggy Tour às 9:30 para fazer o Passeio do Lado Leste que passa em 5 pontos: Pedra Furada, Árvore da Preguiça, Preá, Lagoa do Paraíso e Lagoa Azul. Eu simplesmente AMEI esse passeio! Recomendo demais a Jeribuggy Tour! Júlio foi super pontual, atencioso e o passeio e o carro impecáveis! Destaque para a trilha sonora do passeio!!! Arrasou!

Como fomos na Pedra Furada no dia anterior, acabamos abrindo mão dessa parte do passeio e alteramos um pouco a rota dos outros pois eu precisava ir em Jijoca pra comprar uma medicação que não achei em Jeri.

Começamos o passeio então pela Lagoa do Paraíso. Fomos para o Alchymist Beach Club. O lugar é lindo demais, com uma estrutura incrível. A entrada custa R$ 20,00 a inteira e R$ 10,00 a meia (estudantes, idosos, militares e professores).

Essa entrada te dá direito a ficar nos quiosques perto da lagoa. Se você quiser ficar em um lugar mais diferenciado paga a mais: na espreguiçadeira custa R$ 50,00 por pessoa e no Bangalô custa R$ 100,00 por pessoa. Não achei que vale a pena pagar esse valor se estiver passando por la no passeio do lado leste, pois ficamos apenas 2h por lá…

O cardápio tem preços bem caros e vem pouca comida (vale muito mais a pena deixar pra almoçar na Lagoa Azul que tem pratos bem servidos e muito mais em conta). No Alchymist você paga pela estrutura e pelo nome.

A segunda parada foi na Lagoa Azul. Que lugar gostoso e encantador!!! Para atravessar pro restaurante você paga R$ 5,00 por pessoa e eles te levam em um pequeno barquinho a vela.

O restaurante tem dois lados: um que venta mais e outro menos… ficar lá é uma tranquilidade!!! Não dá nem vontade de ir embora! Na minha opinião é muito mais agradável que o Alchymist e muito mais em conta também! O cardápio vale muito mais a pena e vem bem servido! Tem redinhas e muita tranquilidade!

A Terceira Parada foi na Praia do Preá onde o Kitesurfing é muito praticado! O Júlio também deu a dica que o Restaurante Cabanas tem um filé de Robalo muito famoso e delicioso!

Depois paramos na Árvore da Preguiça que ficou assim porque foi tombada pelo vento e mesmo assim continua viva!

t/sdcard/DCIM/100GOPRO/GOPR0558

Optamos por não parar na Pedra Furada e decidimos voltar para Jericoacoara para ver o pôr do sol. Aproveitamos um pouco da piscina e depois fomos para a Duna do Pôr do Sol!

À noite saímos para jantar no Jerizando (Rua São Francisco – Perto do Beco Doce), onde comemos uma pizza de massa fina deliciosa, com um bom preço e uma ótima trilha sonora! Recomendamos demais esse restaurante!

4 dia

Saímos para o passeio no Mangue Seco com a jeribuggy Tour! Muitas pessoas confundem as raizes aéreas do Guriú no passeio de Buggy para Tatajuba com o Mangue seco, mas são passeios diferentes…

t/sdcard/DCIM/100GOPRO/GOPR0592

Chegamos no restaurante do seu Antônio Goiabeira e conhecemos uma boa parte da propriedade. O sítio dele é auto sustentável! Tem plantação de várias frutas e verduras e também criadouro de animais.

Seguindo para o rio, você passa por um mangue e chega à beira do rio. Que lugar gostoso para ficar! Amamos demais passar um bom tempo lá… a água é salgada!

Saindo do rio você pode tomar banho em uma chuveirão bem perto do restaurante! Uma delicia!

Almoçamos por lá mesmo e a comida estava deliciosa!!! E num preço ótimo! Lá também tem redes para descansar depois de um almoço delicia… Tomamos mais um banho no rio e depois retornamos…

Ficamos um pouco na piscina do hotel e fomos para a duna do por do sol para ver mais um dia de espetáculo da natureza!

A noite começou um festival de Choro Jazz! Amamos assistir a orquestra de Jeri tocar!!! Fechamos o dia no Jerizando mais um a vez!

5 dia

Foi um dia livre, então acordamos mais tarde. Nos arrumamos e fomos passear pela cidade…

Depois fomos para a praia. Andamos até o fim para conhecer um pouco do Clube Ventos, mas estava bem cheio e não nos interessou tanto… Voltamos e ficamos nas espreguiçadeiras perto da entrada da vila. Foi R$ 40,00 duas cadeiras com o guarda sol…

Enquanto estávamos por lá conhecemos o Português, um rapaz que vende pastéis portugueses por lá. O negócio estava tão gostoso que comemos duas vezes e acabou tudo em um piscar de olhos!!! Segue a foto dele e do pastel!

Comemos no Casa de Pedra um lanche e fomos conhecer as piscinas naturais na Praia da Malhada pois a maré tinha baixado. Como a lua não está cheia e nem nova, a maré não está baixando tanto, mas mesmo assim formou uma piscininha natural mais rasa… o céu estava com bastante nuvens mas assistimos o Pôr do Sol na Praia da Malhada. Mesmo com nuvens foi espetacular!

A noite fomos jantar no Boteco do Sabóia. Gostamos bastante e o preço é ótimo! Comida bem servida e gostosa! Esse é um local frequentado pelos moradores e que fica bem na praça principal!

6 dia

Fomos para o passeio de Quadriciclo também com a Jeribuggy Tour! O guia Stênio ensinou o Daniel a pilotar o quadriciclo pois era a primeira vez que estávamos andando. Eles deram uma volta para irmos para o passeio.

Saímos da vila e seguimos pela praia até a Árvore da Preguiça e Preá. A fila da foto  estava um pouco maior que no outro dia pois essa é a hora que a maioria dos passeios pára por lá (de manhã). Como já tínhamos tirado foto nessas duas paradas, seguimos com o passeio. Paramos depois em uma pousada rapidinho e depois seguimos para Barrinha.

Barrinha é um pequeno povoado onde existia uma lagoa que acabou secando. Não tem muita coisa pra fazer lá, apenas fotos mesmo. Seguimos de lá para o Buraco Azul em Castelhano.

Gente! Que lugar incrível de lindo!!! Lugar sensacional! A água é muuuuito azul mesmo!!!! O local, apesar de bem novo, tem uma boa estrutura com restaurante, mesa, banheiros e Wifi. Pedimos o almoço e, enquanto esperávamos, aproveitamos para tomar um banho na lagoa que foi formada,

Segundo a explicação que ouvimos, lá era um local de retirada de areia para a construção do aeroporto, com a chuva intensa, encheu o buraco que ficou. Os sedimentos da areia e argila deram a coloração azul à água!

Almoçamos e a comida estava deliciosa e muito bem servida! Recomendo demais! Aproveitamos mais um pouco antes de pedirmos a sobremesa. Pedimos um “Caju Gateau” que é doce de caju com sorvete, imitando um Pétit Gateau. Estava muito bom!

Em seguida retornamos para a Vila de Jeri… amamos demais o Buraco azul. Acabamos não conhecendo o Caiçara, mas muita gente disse que lá a estrutura é zero.

Assistimos mais uma vez o por do sol maravilhoso! Hoje ele estava especial! Com algumas nuvens no céu, o sol sumiu no meio delas e depois apareceu embaixo de novo para realmente se por! Magnífico! Nós não levamos máquina… esse vai ficar registrado apenas nos nossos corações…

À noite fomos comer Pizza na Araxá que também é pousada. O restaurante é lindo, romântico e super aconchegante! O atendimento muito bom! A pizza é uma delicia e um preço bom também! Vale muito a pena! Super recomendamos!

7 dia

Nosso último passeio foi para o Lado Oeste e fechamos com chave de ouro! O Júlio da Jeribuggy Tour chegou na hora certinha e partimos para o passeio.

Esse passeio começa com o passeio pela praia, vamos de buggy beirando a praia, o Júlio pára a uma determinada altura para nos explicar sobre a vila… seguindo o passeio vamos até o passeio do Cavalo Marinho.

No passeio do Cavalo Marinho você paga R$ 15,00 por pessoa, você vai no barquinho pelo braço de mar e avista os cavalos marinhos na beira do mangue, presos às raízes, o barqueiro também mostra caranguejos e siris na beira do mangue.

Mas atenção! Só vale a pena fazer esse passeio na MARÉ BAIXA! Na maré alta, não dá para avistar os cavalos marinhos pois eles ficam presos mais profundos nas raízes, então eles só passam um potinho com um cavalo marinho pro pessoal ver… Verifiquem se a maré está seca para ir fazer o passeio!

A segunda parada do passeio é nas Raizes Aéreas do Guriú. Muita gente confunde com Mangue Seco, mas são lugares diferentes. Logo ao chegar no Raizes Aéreas do Guriú um rapaz tira foto do Buggy para vender na volta do passeio, custa R$25,00 por pessoa, a nossa ficou muito boa e acabamos levando!

O buggy para em uma tenda onde um rapaz vem tirar fotos com a nossa câmera. Na tenda já tem balanços, redes e várias estruturas em madeira montadas nas raízes para as fotos. As fotos ficaram lindas, ele já te fala as poses para fazer e depois você dá um dinheiro pra ele. Não tem quantia estipulada, você dá o que sentir de vale. Eu AMEI demais as nossas fotos (a gente parece até artistas nelas). Quem tirou as nossas foi o Valdênio (cliquem no nome dele que vai direto para o insta) e super amei!!

A terceira parada é na Tirolesa (custa R$ 20,00 por pessoa 2 descidas) e tobogã (custa R$ 30,00 por pessoa 3 descidas)! Não dá para descer uma vez só, apenas o pacote. Eu desci apenas na Tirolesa e foi sensacional! Amei! Um detalhe é que até nas dunas eles aceitam Cartão de Crédito e Débito!

Em seguida fomos pelas dunas até a Lagoa Grande, nossa última parada, também conhecida como Tatajuba. Que passeio gostoso! Ficamos na barraca bem na beira da lagoa, com a cadeira dentro da água só aproveitando… também tem as famosas redes de Jeri pra aproveitar.

Lá venta muito, então o almoço é servido no restaurante, por causa da areia.. pedimos 2 pratos individuais pois o Dani não come peixe, não foi um almoço barato mas veio tanta comida que daria para duas pessoas tranquilamente! O prato de peixe na brasa custou R$ 50,00 e o de frango grelhado R$ 40,00, estavam ambos muito gostosos! Valeu super a pena! Aproveitamos o resto do dia na lagoa relaxando e voltamos em seguida pela praia até Jeri.

À noite jantamos no Jerizando mais uma vez porque amamos a pizza deles e também o ambiente e trilha sonora! Super recomendamos! Aproveitamos um pouco da praça e nos despedimos de Jeri.

8 dia

Seu Luís da Litoral Oeste Jeri chegou no horário marcado para nos pegar e levar para o aeroporto. Voltamos pela praia e foi ótimo para nos despedirmos desse paraíso chamado Jericoacoara…

Super Recomendamos!

Agência de Passeios

Jeribuggy Tour – Elisabeth
Fechamos os passeios e o Transfer com ela
Vou colocar o insta da Beth (dona) aqui pois o da empresa não está entrando (assim que normalizar eu coloco o da empresa!)
Instagram: https://www.instagram.com/elisabeth_de_melo_jeri/
Tel: (88) 9848-3211

Litoral Oeste Jeri – Seu Luís
Tel: (88) 99927-7583
Instagram: https://www.instagram.com/_litoraloestejeri/
Fechamos o transfer com a Jeribuggy Tour, mas coloquei o contato do seu Luís pois ele faz a Rota das Emoções, então quem tem interesse nesse roteiro só entrar em contato!

Pousada

Pousada Mym Dunas
Rua da Dunas, 4 – Jericoacoara
Tel: (85) 99997-8144
Instagram: https://www.instagram.com/pousadamymdunas/
Site: https://www.pousadamymdunas.com/
Link no Booking
ATENÇÃO: Lá tem a Mym Dunas e a Mym Jeri! Nós ficamos na Mym Dunas!

Links para a Próxima Viagem

Skyscanner – Compra de passagens mais baratas
Skyscanner – Aluguel de Carro 
Booking – Reserva de hotel
Seguros Promo  – Seguro Viagem
Viaje Conectado – Chip de cel (internacional): 10% de desconto (cupom:viagemconsciente)
Rentcars.com – Aluguel de carro

Siga-nos nas Redes Sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram
Pinterest